Basílica de Guadalupe: Como chegar, o que ver e muito mais

Compartilhar este artigo

Você sabia que oficialmente a Basílica de Guadalupe na Cidade do México se chama Insigne e Basílica Nacional de Santa Maria de Guadalupe? A Villa de Guadalupe é um santuário muito importante no México para a religião católica; é dedicada à Virgem Maria em sua afeição a Guadalupe.

Este lugar é de grande importância para o catolicismo; de fato, é considerada a segunda igreja mais visitada do mundo, com mais de 12 milhões de pessoas por ano; o primeiro é a Basílica de São Pedro, no Vaticano. Ainda assim, se você não é muito religioso, poderá apreciar a magnitude e a beleza do lugar, além de aprender sobre a história e a importância da Virgem de Guadalupe para o povo mexicano.

Aqui vou explicar tudo o que você precisa saber para conhecer a Basílica de Guadalupe no México: quanto custa entrar? Como você pode visitá-la? Como chegar até a Basílica saindo do Aeroporto da Cidade do México e muito mais. Vamos lá?

A história da Basílica de Guadalupe

história da Basílica de Guadalupe

Cerro del Tepeyac

A fama deste local se deve à crença na religião católica de que a imagem da Virgem de Guadalupe apareceu ao jovem índio, Juan Diego, em 12 de dezembro de 153, no Cerro del Tepeyac, Segundo a história popular, a Virgem enviou uma mensagem com Juan Diego ao bispo Fray Juan de Zumárraga, na qual ela pediu que ele construísse um templo para ela.

Não havia ninguém para acreditar em Juan Diego e eles pediram provas e, em seguida, para uma segunda aparição, a virgem ordenou que Juan Diego cortasse flores (que apareceram no auge do inverno) e as levasse ao bispo. Quando Juan Diego chegou com Fray Juan de Zumárraga, ele soltou seu manto para deixar cair as flores e a imagem da virgem ficou marcada nele.

E então, a Basílica de Guadalupe foi construída na colina de Tepeyac, o santuário católico mais visitado do mundo, superado apenas pela Basílica de São Pedro.

Melhores hotéis no centro histórico da Cidade do México

Reserva seu hotel no centro histórico da Cidade do México com as melhores tarifas com a parceria do Guia México e Booking.com. Você não paga nada mais por isso e ainda nos ajuda a continuar dando dicas incríveis do México.

10 atrações imperdíveis na Basílica de Guadalupe

1 – Basílica da Virgem de Guadalupe

história da Basílica de Guadalupe México

Obviamente, é a primeira coisa a fazer.

As missas são celebradas na basílica todos os dias (aqui você pode ver os horários) e geralmente há muita gente. Além do templo central da basílica, que é a maior parte e onde se celebra a missa, há também uma loja de lembranças nos fundos e uma capela. Também é possível acessar uma área sob o presbitério, onde você pode ver de perto o manto com a imagem original da Virgem de Guadalupe.

Obviamente, no chão existem esteiras automáticas para evitar aglomerações, então você precisa ir rapidamente. Mas não se preocupe, pois você pode passar quantas vezes quiser.

Seguro viagem para o México

Contrata agora o melhor seguro viagem e curta as suas férias sem preocupações. O seguro não é caro e pode te salvar em várias situações, desde internações até extravio de bagagem. Com a Seguros Promo você terá as melhores ofertas.

2 – Templo Expiatório de Cristo Rei e a Paróquia de Capuchinas

Cidade do México

 

O Templo Expiatório de Cristo Rei (também conhecido como a Antiga Basílica de Guadalupe), era o local que abrigava a imagem original das aparições da Virgem, até que a Nova Basílica foi construída devido a problemas estruturais. A Paróquia de Capuchinas era uma igreja e convento de chagas (ramo feminino dos frades franciscanos), cuja decoração é muito mais simples que a do Templo Expiatório.

Ambos os edifícios estão localizados ao lado da Basílica de Guadalupe. Eu acho que essas duas igrejas valem uma visita. Sim, eles são mais silenciosos que a basílica, por isso é importante entrar em silêncio e com respeito.

Chegue conectado ao México com 10% de desconto

Com a Brasil Roaming você já sai do Brasil conectado e desembarca no México com internet ilimitada. Contrata agora e curta muito as suas férias na terra da Tequila. Para garantir seu desconto basta colocar #GUIAMEXICO10 no momento da compra. Aproveite!!!

4 – Visite o mercado

Mercado Basílica de Guadalupe

Todo bom viajante adora visitar os mercados tradicionais, e o da Basílica da Virgem de Guadalupe não pode ser exceção. É curioso ver um mercado tão grande em um centro religioso. Mas com certeza será uma surpresa agradável, pois é um bom lugar para saborear comidas típicas a um bom preço. Além disso, eles também vendem lembranças baratas lá.

5 – Museu da Basílica de Guadalupe

milagre na basilica de guadalupe

Com o objetivo de pregar a adoração à Virgem de Guadalupe, o Museu da Basílica de Guadalupe apresenta uma fusão da história mística do México com a arte sacra, datada do século XVI.

Considerado um dos museus mais antigos do México, com 77 anos de existência, este recinto fica localizado atrás da antiga Basílica. Nos seus corredores e 16 salas, foram mantidas mais de quatro mil peças de coleção, das quais, trinta por cento são exibidas permanentemente. O preço para entrar é de somente 5 pesos.

Se você quiser mais informações sobre o museu, aqui está a página do Ministério da Cultura do México.

6 – Antiga Paróquia dos Índios

O que fazer na Cidade do México

Esta paróquia foi originalmente construída para o culto da população indígena da Virgem. Neste local, Juan Diego (o jovem índio para quem a Virgem apareceu) foi mais tarde santificado e nesta capela é possível observar uma escultura dele com a imagem da Virgem.

7 – Capela de Pocito

Passeios na Cidade do México

Esta igreja, com sua forma particular e elementos barrocos, é bastante atraente visualmente. No entanto, o interessante deste lugar não é apenas sua arquitetura, mas também sua história. Esta capela foi construída perto de um pequeno poço (daí o nome), no qual, segundo as crenças religiosas, Juan Diego teve a aparência da Virgem de Guadalupe.

O poço está localizado no saguão da capela e suas águas são consideradas milagrosas.

8 – Cerro del Tepeyac e Capilla del Cerrito

No topo do Cerro del Tepeyac está a Capilla del Cerrito. Tanto o caminho como as vistas da colina são muito bonitas. De cima, você pode ver o Templo e o Antigo Convento dos Capuchinhos, o Templo de Cristo Rei e a Basílica da Virgem de Guadalupe.

9 – Monumento à oferta e a Fonte Quetzalcóatl

Monumento à oferta

Além de todas as igrejas e capelas na Villa de Guadalupe também existem jardins que merecem uma visita. Em geral, eles são muito bem cuidados e a atmosfera é bastante calma, o que os torna muito agradáveis ​​para passear. Duas atrações imperdíveis nesses jardins são o Monumento à Oferta e a Fonte Quetzalcóatl. A Fonte Quetzalcóatl é uma fonte do tipo cachoeira, decorada com influencias astecas.

O Monumento à Oferta é uma representação de um grupo de nativos do México oferecendo oferendas à Virgem de Guadalupe.

10 – Estátua do Cristo Rei

Villa de Guadalupe

A estátua do Cristo Rei está localizada no final de um pequeno jardim. É feita de bronze e tem mais de 6 metros de altura. É um lugar bastante tranquilo e vale a pena dar uma volta para terminar a visita a Villa de Guadalupe.

Distância do Aeroporto da Cidade do México a Basílica de Guadalupe

Distância do Aeroporto da Cidade do México a Basílica de Guadalupe

A distância do Aeroporto Internacional da Cidade do México até a Basílica de Guadalupe é de aproximadamente 10 km. Se você estiver fazendo uma escala de mais de 4:30 é possível fazer uma visita sem problemas. Para chegar até a Basílica de Guadalupe saindo do aeroporto da Cidade do México você tem 3 opções:

Táxi autorizado ou Uber

Taxi aeroporto Cidade do México

Um táxi autorizado para levá-lo até a Villa e de volta ao aeroporto, pode cobrar cerca de USD 40 (230 reais) para quatro passageiros.

Outra opção pode ser um Uber. O preço do Uber do aeroporto até a Basílica é de aproximadamente 105 pesos (25 reais).

Transporte público

Metrô aeroporto Cidade do México

Você pode utilizar o metrô que sai do terminal aéreo linha 5 (amarelo), descer na estação Misterios (5 reais por pessoa aprox.) e depois caminhar 400 metros para chegar à Calzada de Guadalupe.

Depois, basta embarcar em um ecobus (4 reais por pessoa) que o levará ao átrio da Basílica.

Tempo: Ida e volta de metrô 30 minutos, ida e volta de ecobus: 30 minutos. Visita à Basílica: 1 hora. Tempo total de visita: 2 horas.

O horário do serviço de metrô é o seguinte:

– Dias úteis das 17:00 às 12:00

– Sábados das 18:00 às 12:00

– Domingos e feriados das 7:00 às 12:00.

Peregrinação à Basílica de Guadalupe

Calzada de Guadalupe

Calzada de Guadalupe

Caminhe 3,5 km por 45 minutos do metrô Misterios até a Basílica. Este passeio é feito na Calzada de Guadalupe, que possui uma passagem para pedestres, especificamente destinada às procissões de Guadalupe.

Essa opção é conveniente apenas se você caminhar sob a luz do sol e, de preferência, se juntar a outras procissões de Guadalupe. Nunca caminhe sozinho, principalmente à noite.

Tempo: Ida e volta 30 minutos de metrô, 45 minutos a pé. Retorno por ecobus: 15 minutos. Visita à Basílica: 1 hora. Tempo total da visita: 2:30 horas (mínimo).

Onde Guardar as malas no Aeroporto da Cidade do México?

armários no aeroporto da Cidade do México

O custo do aluguel dos armários no aeroporto da Cidade do México é de aproximadamente 50 reais por armário por 24 horas. Em cada armário cabe 2 malas tamanho padrão. Os armários estão localizados no piso térreo do Terminal 1, próximo à entrada de embarque. Não há outro serviço de armários dentro do aeroporto.

Como ir à Basílica de Guadalupe saindo da região central?

Basílica de Guadalupe

Como chegar à Basílica de Guadalupe de carro?

Se você quiser chegar a “La Villa” em seu carro, lembre-se de que será necessário estacionar, mas não na rua. Na Basílica de Guadalupe existem dois estacionamentos subterrâneos com capacidade para até mil carros. O acesso é pela Av. De los Misterios.

Como chegar à Basílica de Guadalupe de metrô?

O sistema de transporte coletivo do metrô é uma boa opção para chegar à Basílica e oferece duas estações próximas. Uma é a estação La Villa – Basílica na linha 6 (linha vermelha) e a outra é a estação de 18 de março na mesma linha de metrô. De lá, você caminha um pouco para chegar até o santuário.

Como chegar à Basílica de Guadalupe de transporte público?

Para chegar à Basílica de Guadalupe por transporte público, você não terá grandes inconvenientes. A rota é reta no Paseo de la Reforma. A maioria das linhas de metrobus que passam por essa rota o levam até a Basílica por apenas 6 pesos mexicanos. O horário de visita à Basílica de Guadalupe é das 6 da manhã às 9 da noite.

Quanto custa para visitar a Basílica de Guadalupe?

Felizmente, eles não cobram custos de acesso, isso significa que observar e conhecer este impressionante centro religioso é gratuito.

Qual a localização da Basílica de Guadalupe?

Endereço: Plaza de las Américas 1, Villa de Guadalupe, Villa Gustavo A. Madero, 07050 Cidade do México.

Webcam Basílica de Guadalupe México

Uma das coisas legais deste lugar é que você pode acompanhar tudo ao vivo desde a sua casa. Então, se você quiser ter uma ideia de como é a Basílica da nossa senhora de Guadalupe, basta acessar a webcam ao vivo.

Se você quiser mais dicas sobre a Basílica de Guadalupe ou da Cidade do México, deixa seu comentário ou escreva direto no Instagram do Guia México.

Reserve aqui seus passeios na Cidade do México sem pagar IOF em até 12 vezes

Vai viajar ao México? Resolva agora a sua viagem com as melhores ofertas!

Apesar de que o Seguro Viagem não é obrigatório para viagens ao México, eu recomendo muito a contratação. Eu mesmo já precisei durante minhas viagens e me ajudou a economizar mais de 1000 dólares por uma internação.

Além disso, pode ser muito útil para te auxiliar em extravios de bagagem e outros imprevistos. Para contratar o melhor seguro viagem, utilize o Seguros Promo. Com o Seguros Promo você conhecerá as melhores opções para a sua viagem ao México. E se você utiliza o cupom GUIAMÉXICO, você ajuda este blog a seguir dando excelentes dicas e ainda ganha 5% de desconto!

Compartilhar este artigo

Rafael Couto

Jornalista, empreendedor e louco por viagens. Morou por 15 anos no México e durante este tempo teve a oportunidade de viajar por praticamente todo o país. Criou o Guia México para mostrar aos brasileiros o que há de melhor na terra da tequila e dos mariachis através das suas próprias experiências. Acompanhe o Guia México nesta aventura!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

eBook grátis

Passo a passo para umas férias incríveis em Cancun

eBook grátis

Passo a passo para umas férias incríveis em Cancun