Cobá: História escondida na selva maia

Compartilhar este artigo

Classificar este artigo

As ruínas maias mais famosas da Riviera Maya são Chichén Itzá e Tulum, porém há outra pouco explorada pelos turistas brasileiros que visitam o caribe mexicano, Cobá.

Escondida no meio da selva a 45 minutos de Tulum, Cobá possui a pirâmide mais alta do norte da Península de Yucatán, Nohoch Mul, que conta com 42 metros de altura e oferece um panorama incrível da selva maia desde o topo.

Além disso conta com outras estruturas interessantes e um ambiente bem agradável para quem deseja aventurar-se e conhecer mais dessa incrível cultura milenar. Neste guia, vou explicar para vocês como visitar este sítio arqueológico com informações práticas e sugestões.

História de Cobá

O que fazer em Cobá

A antiga cidade maia de Cobá está na metade do caminho entre Tulum e a todo-poderosa Chcihén Itzá, em uma área rodeada por 5 lagos que ajudaram no desenvolvimento e subsistência da cidade. Por outro lado, a população local já estava lá bem antes da cidade ser construída.

De acordo com estudos realizados, já havia população no local no ano 100ª.C., mas foi somente entre os anos 500 e 900 da nossa era que Cobá exerceu todo o seu poder na região, sendo uma das maiores cidades maias com uma população de aproximadamente 55 mil habitantes e uma extensão de 70 km quadrados.

No seu apogeu, manteve relações comerciais através dos “sacbés” (estradas brancas utilizadas para o transporte de mercadoria) com grandes cidades como Calakmul, Tikal (na Guatemala) e até com os distantes astecas em Teotihuacán.

Porém, a partir do ano 900 Cobá entrou em uma violenta disputa com Chichén Itzá e foi derrotada, perdendo assim a importância política no território.

A cidade durou até o século XIV e no momento da chegada dos colonizadores espanholes, Cobá já estava completamente abandonada. Cobá é uma das poucas cidades maias que mantiveram o nome original maia, que significa “água turva”.

Reserva agora seu hotel na Riviera Maya

Reserva seu hotel na Riviera Maya com as melhores tarifas com a parceria do Guia México e Booking.com. Você não paga nada mais por isso e ainda nos ajuda a continuar dando dicas incríveis do México.

Como visitar o sítio arqueológico de Cobá

Como visitar o sítio arqueológico de Cobá

Da entrada do complexo até a pirâmide Nohoch Mul são aproximadamente 1.5 km e para chegar até lá você pode ir caminhando, pode alugar uma bicicleta (eu recomendo) ou contratar um guia que vai te levar em um “tricitáxi”.

Apesar que Cobá não oferece tantas coisas como Tulum e Chichén Itzá, o passeio vai durar aproximadamente 2.5 horas, vendo tudo tranquilamente, e claro, escalando a pirâmide principal para curtir a linda vista lá de cima.

O que fazer em Cobá e qual o melhor roteiro

Melhor roteiro em Cobá

Depois de comprar o ingresso e começar a caminhar pelo complexo você poderá contemplar o Juego de Pelota (tipo o campo de futebol dos maias) e o Templo de la Iglesia. É bem legal você passar pela frente e por atrás para curtir a vegetação exuberante entre os muros de pedra dos antigos edifícios.

Seguindo você entrará no caminho principal no meio da selva para ir até a tração principal do sítio arqueológico, a pirâmide Nohoch Mul. Você também pode desviar à direita para ir um lugar chamado Grupo de las Pinturas, mas também pode fazê-lo na volta (você decide).

No caminho até a pirâmide você vai passar por outro Juego de Pelota que conta com uma caveira no chão e outros desenhos em relevo nas paredes. Na sequência você verá o Templo Oval, um edifício pequeno que foi restaurado e na verdade é bem bonito.

São pequenas amostras que te preparam para a chegada na pirâmide principal e tenho certeza que você vai ficar impressionado. Nohoch Mul é uma imponente pirâmide de pedra de 42 metros e olhando de baixo fica difícil ver o final.

É uma das poucas pirâmides do México onde está permitido subir até o topo e pode parecer fácil chegar até a ponta, mas não é. Se você não tem um bom condicionamento físico, suba devagar com muito cuidado para não cair, mas não se preocupe que também não será o maior esforço da sua vida.

Seguro viagem para o México

Contrata agora o melhor seguro viagem e curta as suas férias sem preocupações. O seguro não é caro e pode te salvar em várias situações, desde internações até extravio de bagagem.

Na explanada em frente à pirâmide, você verá algumas lápides de pedra onde os maias esculpiam fatos interessantes sobre a classe alta da sociedade e graças a estas lápides foi possível descobrir várias características da civilização maia.

Ao deixar a pirâmide e voltar você pode passar pelo Grupo de las Pinturas (se não passou antes) e também pode explorar um outro grupo de ruinas um pouco mais longe chamado Macanxoc (se você curte este tipo de passeio, adiante!).

De vuelta, si te has dejado el grupo de Las Pinturas es el momento de visitarlo. Hay que tomar un caminito entre el bosque de unos 500 metros para llegar a él. Luego se vuelve a empalmar con el camino principal. Hay otro grupo de ruinas un poco más alejado al que nosotros no fuimos, el grupo Macanxoc.

Principais atrações de Cobá

Juego de Pelota e o Templo de la Iglesia

Juego de pelotá em Cobá

São os edifícios mais importantes do chamado Grupo Cobá (que conta com 43 estruturas). O Templo de la Iglesia é um dos mais antigos do assentamento e estima-se que foi construído entre os anos 300 e 600 e é o segundo mais alto do lugar com 25 metros.

O Juego de Pelota conta com duas paredes paralelas com uma base sobressalente e ainda conserva os aros onde as equipes tinha que “marcar o gol”. Este esporte era um ritual muito comum no mundo maia e de acordo com pesquisas, nem sempre os vencedores ganhavam o melhor prêmio (dizem que em algumas ocasiões o prêmio pela honra da vitória era a morte!)

Segundo Juego de Pelota

Como chegar em Cobá

Já vi vários Juegos de Pelotas de civilizações diferentes, porém este é um dos mais bonitos, com figuras talhadas em relevo homenageando os humilhados e duas pedras colocadas bem no centro, uma em forma de caveira e outra em forma de Jaguar (onça).

Templo Oval (Xaibé)

Templo Oval Riviera Maya

É uma pirâmide que conta com uma escada frontal que chega até o topo e possui as esquinas e a base circular. Na verdade, é um edifício bem bonito e vale a pena a foto.

Chegue conectado ao México com 10% de desconto

Com a Brasil Roaming você já sai do Brasil conectado e desembarca no México com internet ilimitada. Contrata agora e curta muito as suas férias na terra da Tequila. Para garantir seu desconto basta colocar #GUIAMEXICO10 no momento da compra. Aproveite!!!

Pirâmide de Nohoch Mul

Pirâmides no México

O significado do nome Nohoch Mul é “montículo grande” e com razão, pois a pirâmide conta com 42 metros e entre todas as ruinas maias, só perde para os 50 metros da pirâmide de Calakmul. A pirâmide é formada por uma estrutura de 7 níveis, com as laterais arredondadas e um templo na parte de cima onde podemos ver lapidada a imagem uma deidade.

Em frente à pirâmide está um monumento comemorativo que se chama a estela 30, pois foi talhada no dia 30 de novembro do ano 780.

Conjunto de Las Pinturas

Pirâmides na Riviera Maya

São os edifícios mais novos do lugar e pertencem à última época que Cobá foi habitada. Aqui você pode ver os restos de uns altares e colunas.]

Na parte detrás do edifício há uma pequena pirâmide com um templo na parte superior, que segundo pesquisas, contava com vários murais pintados (por isso o nome Las Pinturas). Nesta região você também encontrará vários monumentos.

Quanto custa a entrada a Cobá

Quanto custa o ingresso em Cobá

A entrada para as ruínas de Cobá custa aproximadamente 15 reais, enquanto o estacionamento vale 6 reais.

Reserve um carro com a Rentcars

Com a Rentcars você pode comparar entre várias locadoras e achar o carro que mais se adapta às suas necessidades. Reserva agora com as melhores tarifas e saia explorando o México.

Conselhos do Guia México para sua visita a Cobá

  • Para você curtir ao máximo sua visita ao sítio arqueológico de Cobá, separei algumas sugestões:
  • O horário de funcionamento é das 08:00 às 17:00 horas. Recomendo que você chegue o mais cedo possível, pois o lugar costuma estar sempre cheio. Evite filas!
  • Tenha muito cuidado ao escalar a pirâmide Nohoch Mul, pois é muito íngreme e você precisa ter muito cuidado ao pisar. Faça com precaução!
  • Ainda que você caminhe pela sombra selva, a umidade e o calor são terríveis, leve bastante água e protetor solar. Você pode facilmente fazer o caminho com chinelo, mas eu recomendo levar um tênis, principalmente se você tem a intenção de escalar a pirâmide principal.
  • Este é um passeio que você pode perfeitamente fazer por conta própria, mas se preferir, várias empresas contam com tours saindo de Cancun, Playa del Carmen e Tulum.

Se você ficou com alguma dúvida, deixe seu comentário aqui ou escreva diretamente o Instagram do guia_mexico que com muito prazer eu respondo.

Procurando hospedagem em Cancun?

Confira nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui

Booking.com

Reserva agora seu passeio a Cobá

Vai viajar ao México? Resolva agora a sua viagem com as melhores ofertas!

Apesar de que o Seguro Viagem não é obrigatório para viagens ao México, eu recomendo muito a contratação. Eu mesmo já precisei durante minhas viagens e me ajudou a economizar mais de 1000 dólares por uma internação.

Além disso, pode ser muito útil para te auxiliar em extravios de bagagem e outros imprevistos. Para contratar o melhor seguro viagem, utilize o Seguros Promo. Com o Seguros Promo você conhecerá as melhores opções para a sua viagem ao México. E se você utiliza o cupom GUIAMÉXICO, você ajuda este blog a seguir dando excelentes dicas e ainda ganha 5% de desconto!

Compartilhar este artigo

Classificar este artigo
Categoria Sítios arqueológicos

Rafael Couto

Jornalista, empreendedor e louco por viagens. Morou por 15 anos no México e durante este tempo teve a oportunidade de viajar por praticamente todo o país. Criou o Guia México para mostrar aos brasileiros o que há de melhor na terra da tequila e dos mariachis através das suas próprias experiências. Acompanhe o Guia México nesta aventura!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Assine nossa newsletter!