Chichén Itzá: Guia para explorar uma das 7 maravilhas do mundo

Compartilhar este artigo

0.9 (18.18%) 22 voto[s]

Quando se trata de destinos que têm grande história, as ruínas maias de Chichén Itzá, no México, aparecem no mapa. Chichén Itzá está localizada na Península de Yucatán e é um daqueles lugares cheios de magia que você pode encontrar em solo mexicano. Este destino é um importante tesouro herdado da cultura maia.

Visitar Chichén Itzá, uma das 7 maravilhas do mundo, é uma daquelas coisas que você coloca na lista de “fazer antes de morrer” e sinceramente vale muito a pena ir e entender a interessante história dos maias. O lugar era uma cidade relevante e, ao mesmo tempo, um centro cerimonial para os maias.

Você terá o prazer de visitar a Zona Arqueológica e será cativado pelos grandes edifícios. Não é por acaso, as imagens do lugar roubam o seu fôlego e o monumento foi declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, você sabia?

Para aproveitar ao máximo, é muito importante ter todas as informações sobre Chichén Itzá, por isso criei este guia completo para você planejar muito bem a sua viagem. Leia até o final e aproveite bem o seu passeio.

Onde fica Chichén Itzá

Chichen Itza

Chichén Itzá está localizada na estrada que liga Cancun à capital de Yucatán, Mérida. A distância entre Cancun e Chichén Itzá é de 200 km aproximadamente e você levará 2:15 horas para chegar se for de carro.

Como ir a Chichén Itzá

Desde Cancun de carro – Para chegar a Chichén Itzá de Cancun, você deve pegar a estrada 180D para Valladolid e depois pegar a saída para Pisté e chegar ao acesso da mais bela cidade maia (Google Maps e Waze levam você até lá sem problemas).

Desde Cancun de ônibus – Parta ir de ônibus a Chichén Itzá, você deve ir até o terminal rodoviário de Cancun. A empresa ADO oferece este serviço diariamente saindo às 8:45 e voltando às 16:30 e o preço da ida e volta é de 80 reais aproximadamente.

Desde Playa del Carmen de Carro – Para ir a Chichén Itzá de carro desde Playa del Carmen, você debe pegar a estrada até Cancun e depois do posto policial de Cancun fazer o retorno para pegar a 180D a Valladolid (Google Maps e Waze te indicarão o caminho correto).

Desde Playa del Carmen de ônibus – Se você quer ir de ônibus até Chichén Itzá saindo de Playa del Carmen, basta ir até o terminal da ADO. A ADO oferece o serviço diariamente saindo às 8:00 e voltando às 16:30 e o preço é de aproximadamente 100 reais.

Preço ingresso Chichén Itzá

Chichen Itza

Você vai precisar de dois ingressos para entrar nas ruínas de Chichén Itzá. O primeiro custa ao redor de 17 reais e é estabelecido pelo Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do México. O segundo ingresso para Chichén Itzá custa aproximadamente 93 reais e é estipulado pelo governo de Yucatán. Em total o preço para entrar nas ruínas maias é de aproximadamente 110 reais.

Se você quiser usar uma câmera de vídeo, custará 9 reais adicionais. Para fotógrafos profissionais, os tripés estão proibidos, a menos que você tenha uma permissão especial gerenciada antecipadamente com o INAH do México.

Para crianças menores de 12 anos, os ingressos custam metade.

Se você vai de carro, pagará ao redor de 10 reais pelo estacionamento.

Chegue conectado ao México com 10% de desconto

Com a Brasil Roaming você já sai do Brasil conectado e desembarca no México com internet ilimitada. Contrata agora e curta muito as suas férias na terra da Tequila. Para garantir seu desconto basta colocar #GUIAMEXICO10 no momento da compra. Aproveite!!!

Significado de Chichén Itzá

Chichen Itza

Estamos convencidos de que mais de uma palavra pré-hispânica gera curiosidade e Chichén Itzá não é a exceção. Esses dois termos abrangem vários significados.

“Chichén significa “a boca do poço” em maia, enquanto “Itzá” significa “feiticeiros ou magos da água”. Se você juntar as duas palavras, você vai perceber que o significado de Chichén Itzá é “a boca dos feiticeiros da água”.

Há uma outra versão que diz Chichén Itzá significa “na boca do poço do Itzá”. No entanto, outros acreditam que esta palavra vem do idioma huatesco, uma variante do maya, que significa “serpente emplumada”. Interessante, não!

História de Chichén Itzá

Chichen Itza

As ruínas maias de Chichén Itzá formam parte de um importante capítulo da história do México. Certamente você está se perguntando quando foi fundada Chichén Itzá? Diz-se que o lugar foi fundado, mais ou menos, no ano 525 por Chanes ou putunes de Bacalar, um grupo maia que mais tarde se tornaria o Itzá ou Itzaes.

Para o ano de 987, o local teve sua idade de ouro e se tornou o mais importante centro político de Yucatán. Além disso, a história de Chichén Itzá continua até hoje.

Provavelmente, você perguntará: qual é a importância das ruínas para os maias? A resposta é que Chichén Itzá foi a capital de um vasto território da Península de Yucatán governada pelos maias.

Foi também o local de assentamento dos grupos indígenas que migraram através das áreas mesoamericanas e especialmente na região central do México, como os Totelcas.

O que fazer em Chichén Itzá

Chichen Itza

As principais atividades serão percorrer as ruínas maias e apreciar o charme dos edifícios, tais como El Castillo, o Observatório, El Caracol, o campo de Juego de Pelota ou a magnifica pirâmide de Chichén Itzá, mais conhecida como a pirâmide de Kukulcán.

Toda a cultura do lugar irá deixa-lo com a boca aberta, enquanto você anda no meio da natureza e admira a beleza de todas as paisagens. Definitivamente, Chichén Itzá é uma maravilha do mundo como muitas pirâmides no México.

Conhecer o Cenote Sagrado é uma das melhores atividades de Chichén Itzá. Você vai se maravilhar com o poço em que os rituais indígenas e os sacrifícios humanos foram realizados.

Visitar as feiras de artesanato e comprar lembranças para sua família e amigos é outra atividade que você poderá fazer nestas ruínas maias. Porém deixo uma advertência, os vendedores locais são bem insistentes e primeiramente vão oferecer preços caríssimos. Se você tiver paciência e souber pechinchar, com certeza fará um bom negócio.

O que você não pode deixar de ver em Chichén Itzá

Pirâmide de Kukulcán “El Castillo”

Chichen Itza

Um dos principais edifícios de Chichán Itzá é a Pirâmide de Kukulcán. Sem dúvida é o monumento mais impressionante destas ruínas maias em Yucatán.

Este edifício de base quadrangular é um excelente exemplo de arquitetura para fins astronômicos. Fica no meio de uma vasta esplanada e é cercada por outros locais impressionantes.

El Juego de Pelota

El Juego de Pelota Chichen Itza

O Juego de Pelota é o “campo de futebol” dos maias e teve um profundo significado religioso para esta cultura. Estes lugares monumentais são encontrados na maioria de suas cidades, embora o Juego de Pelota de Chichén Itzá seja o maior em toda a Mesoamérica: 166 metros de lado a lado. Tem três templos que provavelmente foram usados para rituais durante as partidas.

Entre as decorações e os intrincados entalhes destacam-se os anéis de pedra e têm uma qualidade tão acústica que um apito pode ser ouvido do outro lado: um perfeito exemplo da magnificência da cultura maia.

Seguro viagem para o México

Contrata agora o melhor seguro viagem e curta as suas férias sem preocupações. O seguro não é caro e pode te salvar em várias situações, desde internações até extravio de bagagem.

Observatório “El Caracol”

Observatório “El Caracol” Chichen Itza

Hoje sabe-se que os maias conheciam a duração exata do ciclo solar anual e que o mediam em 365,24 dias. O Observatório de Chichén Itzá ou “El Caracol” foi dedicado ao estudo da astronomia e consiste em uma torre erguida em duas plataformas retangulares.

Seu apelido é derivado da escadaria incomum para o interior que se assemelha a uma concha de caracol. Do topo da torre, esses astrônomos surpreendentes observaram as estrelas e registraram seus movimentos. Por estas razões, este edifício é considerado um dos principais de Chichén Itzá.

Hotéis perto de Chchén Itzá: Reserve agora os melhores hotéis no Booking

El Templo del Dios Descendiente

El Templo del Dios Descendiente

Este templo, localizado à direita da pirâmide de Kukulcán, fica em uma plataforma plana que foi preenchida e preparada para servir de base. Na entrada há um guarda de penas cujos pés são iluminados quando o sol nasce. Tem uma única câmara, um cofre na forma de uma garrafa e um telhado terminado em uma crista.

El Templo del Jaguar

El Templo del Jaguar Chichen Itza

Este edifício leva o nome por causa da sequência de onças localizadas na frente da estrutura, decorações que provavelmente estão relacionadas com a ordem militar dos “Tiger Knights”. Consiste em diferentes camadas que são esculpidas e mostram diferentes tipos de imagens. Duas gigantescas serpentes emplumadas formavam as colunas no hall de entrada, enquanto as paredes interiores eram ricamente decoradas em pedra.

El Templo de los Guerreros

Templo de los Guerreros

O Templo dos Guerreiros foi construído em um antigo edifício dedicado ao deus Chaac-Mool, que foi a figura central deste maravilhoso complexo. O mais legal são as 200 colunas que representam os guerreiros. Um ótimo lugar para fazer lindas fotos.

Onde comer em Chichén Itzá

Em Chichén Itzá você terá a oportunidade de provar a verdadeira comida mexicana, principalmente a tradicional cozinha yucateca. No sitio arqueológico você irá encontrar pratos como o porco assado, panuchos (tortilha de milho frita, recheada com feijão preto e acompanhada de frango, repolho, tomate, cebola e abacate), pozole (semelhante a uma sopa de milho), sopa de limão, Kibi (parecido ao vendido no brasil), queijo recheado (recomendo muito este prato) entre outras muitas opções.

Além disso, dentro das Ruínas, você encontrará um tipo de cafeteria onde você pode comprar e comer pratos típicos, lanches e bebidas.

Um fato importante que devo mencionar sobre Chichén Itzá, é que está cercado por restaurantes e lugares onde eles servem a melhor da comida típica de Yucatán.

Para facilitar a vida dos amigos viajantes, separei algumas excelentes opções:

Las Mestizas

Restaurantes Yucatán

Este é um dos restaurantes tradicionais próximos à cidade ,maia. Ele oferece comida típica e seus preços são acessíveis. Recomendo os panuchos e a cochinita pibil, uma delícia!

A decoração do local também é bastante tradicional, assim como a vestimenta dos funcionários. O serviço é muito bom e amigável. Além disso, tem estacionamento. Está localizado na calle Pisté, muito perto da pirâmide de Chichén Itzá.

Oxtum

Restaurantes Yucatán

Sua localização é imbatível, assim como seus pratos e conta com ar condicionado. Os cardápios são tablets, fazendo que você se sinta em um ambiente gastronômico muito tecnológico. E se você não fala espanhol muito bem ou tem um amigo estrangeiro, não se preocupe! Eles têm menus em vários idiomas.

Os preços são um pouco altos, mas o serviço é tão excelente e rápido que valerá a pena comer aqui. No espaço, você pode saborear pratos como sopa de limão, cochinita pibil e tacos, obviamente!

Kastan Kan

Restaurantes Yucatán

Se você quer ter uma experiência gastronômica inesquecível e se lembrar de uma das melhores viagens, você tem que ir ao Kastan Kan. O restaurante oferece um serviço de buffet, onde você pode escolher sua comida e fazer as melhores combinações de sabores.

O restaurante tem uma atmosfera agradável e duas piscinas exteriores. Quando você for, não deixe de experimentar os ovos Motuleños e o Poc Chuc. É um espaço com uma atmosfera familiar onde os preços são razoáveis.

Loncheria Los Arcos

Restaurantes Yucatán

Se você está procurando uma opção simples e econômica para comer, a Loncheria Los Arcos é uma excelente opção. O local oferece pratos abaixo de 15 reais.

Os papadzules, tacos de ouro e o suco de chaya com abacaxi são boas opções. O restaurante tem uma atmosfera informal, porém a sua comida não fica atrás de qualquer outro restaurante no México.

Hacienda Xaybe’h D’Camara

Restaurantes Yucatán

Embora seu nome pareça um pouco complicado, este lugar vai satisfazer a sua fome sem complicações.
Está localizado muito perto de Chichén Itzá e é um local com um serviço de buffet. Então você pode escolher o que você quiser comer ao seu gosto.

Ele também tem uma variedade de pratos e é um lugar que irá surpreendê-lo pela sua limpeza.

Pollería Los Pájaros

Restaurantes Yucatán

Se você gosta de lugares rústicos e simples para comer, não pode perder a Pollería Los Pájaros. O restaurante oferece um delicioso frango feito na grelha com abacaxi assado. O sabor é incomparável!

Além disso, oferece bebidas refrescantes, tudo a preços bastante acessíveis. A Pollería Los Pájaros conta com uma atmosfera muito típica, e você pode passar por aqui antes ou depois da sua visita a Zona Arqueológica de Chichén Itzá.

Show noturno em Chichén Itzá

Show noturno El Castillo

Durante as noites, eles realizam o programa noturno Chichén Itzá. É um evento cheio de mitos em que você viajará pela história. Participando, você sentirá que os maias sabiam mais do que um segredo.

O Juego de Pelota iluminado é particularmente um show à parte. Será um momento muito mágico!

É uma viagem que começa na entrada do sítio arqueológico, geralmente às 20:00 horas, e dura cerca de 45 minutos. A atividade é realizada nos principais edifícios das ruínas.

Todo o percurso conta com um show de luzes que vai te conectar com os maias. Ao término do percurso, você será levado a  um lugar de frente da pirâmide de Kukulcán, onde começará uma narrativa acompanhada de projeções de luz na pirâmide, de verdade é algo inesquecível.

O ingresso para o show noturno em Chichén Itzá custa aproximadamente 90 reais e pode ser comprado online. Realmente é muito barato para o que vai ser oferecido.

O show acontece de terça a domingo, dia em que a entrada custa metade. Às vezes os horários de Chichén Itzá mudam. Por exemplo, é recomendável que você saiba que durante o inverno o show começa um pouco mais cedo, às 19:30 horas.

Curiosidades de Chichén Itzá

Pirâmide de Kukulcán

 

 

 

  • Várias equipes de investigação encontraram no fundo do Cenote Sagrado, objetos cerimoniais, ossos de animais e numerosos restos ósseos pertencentes a pessoas com idades compreendidas entre os 3 e os 55 anos.
  • Em agosto de 2015 descobriu-se que a pirâmide de Kukulcán está sob um cenote.
    No início do século XX, o americano Edward Herbert Thompson comprou a propriedade onde está Chichén Itzá.
  • Em 1926, o governo mexicano confiscou a terra onde a então “Hacienda Chichén” estava localizada e processou Thompson, acusando-o de ter se apropriado ilegalmente da propriedade.
  • A propriedade foi então devolvida aos seus herdeiros, embora, depois de vários esforços do governo mexicano, hoje seja propriedade do Estado de Yucatán.
  • Chichén Itzá recebe mais de um milhão de turistas todos os anos, o que a torna a segunda zona arqueológica mais visitada no México, depois de Teotihuacán.
  • O templo de Kukulcán tem quatro escadarias, de 91 degraus cada, que somam no total 364. Com a plataforma superior, há 365. no total que representam os dias do ano.
  • Dentro do templo dos guerreiros, na parte mais alta, há uma mesa apoiada por estátuas de duendes, conhecidos entre os maias como “Aluxes”; diz a lenda que aí os sacrifícios foram feitos aos deuses, tem alguns buracos onde o sangue supostamente corria até chegar ao cenote sagrado. Atualmente o acesso a essa área não é mais permitido.

Se você quiser saber mais informações ou curiosidades de Chichén Itzá, deixe seu comentário ou escreva direto no Instagram do Guia México. 

Reserva agora seu passeio a Chichén Itzá

Vai viajar ao México? Resolva agora a sua viagem com as melhores ofertas!

Apesar de que o Seguro Viagem não é obrigatório para viagens ao México, eu recomendo muito a contratação. Eu mesmo já precisei durante minhas viagens e me ajudou a economizar mais de 1000 dólares por uma internação.

Além disso, pode ser muito útil para te auxiliar em extravios de bagagem e outros imprevistos. Para contratar o melhor seguro viagem, utilize o Seguros Promo. Com o Seguros Promo você conhecerá as melhores opções para a sua viagem ao México. E se você utiliza o cupom GUIAMÉXICO, você ajuda este blog a seguir dando excelentes dicas e ainda ganha 5% de desconto!

Compartilhar este artigo

0.9 (18.18%) 22 voto[s]
Categoria Sítios arqueológicos

Rafael Couto

Jornalista, empreendedor e louco por viagens. Morou por 15 anos no México e durante este tempo teve a oportunidade de viajar por praticamente todo o país. Criou o Guia México para mostrar aos brasileiros o que há de melhor na terra da tequila e dos mariachis através das suas próprias experiências. Acompanhe o Guia México nesta aventura!

Artigos relacionados

1 comentário

  1. Carolina F R Faria em 09 jan 2020 às 22:41

    Oi, Rafael. Vou ao México mês que vem e seu blog está sendo muito útil nos preparativos para a viagem. Estou pesquisando tours a Chichen Itzá, para decidir se contrato um ou se vou por conta própria. Em um dos sites que encontrei, a empresa fala em uma taxa de U$23 que deve ser paga no local, em cartão de crédito. E diz também que eles mesmos cobram essa taxa, ainda dentro do ônibus. Achei meio esquisito. Existe alguma taxa nesse valor?
    O cenote que você menciona no post fica dentro do sítio arqueológico, próximo à pirâmide e ao campo do juego de pelota?

    Muito obrigada pela atenção!

Deixe uma resposta

eBook grátis

Passo a passo para umas férias incríveis em Cancun

eBook grátis

Passo a passo para umas férias incríveis em Cancun